quarta-feira, dezembro 30, 2009

Novamente a termas

E é assim, de tempos em tempos lá vamos a termas, à talassoterapia atlântica do Cabo Sileiro.

O Sileiro na Serra e no Mar
Desta vez, às tantas pela provecta idade que já carrego, não exagerei no tratamento, ficando apenas por um polvinho no forno, delicioso, em Vila do Conde, com o verdasco a escurripichar das alturas, umas quantas refeições de tapas em Baiona, um 'recorrido maritimo' nas águas do Talasso, e, claro, inevitável, uma visita ao Bar fetiche aqui do 'je', o Mar y Arte, para o tradicional gin técnico, desta vez Saphira Bombay, delicioso.

5 comentários:

João Manuel Rodrigues disse...

Termas? Com tanta talassoterapia ainda vens daí doente.
Mas nada que um copito de tinto não trate.

Já agora Bom Ano

João

Anónimo disse...

CMDT Veiga

Admiro a tua subtileza a beberes tinto por chávena de café !!!!!!

Permito-me lembrar-te que quando a água é pura e cristalina não há nada melhor que o vinho !!!!


B O M A N O

PS: já agora mando-te a cópia da receita que o médico me passou:

Deitar cedo
E cedo erguer
Só se fôr mesmo
Pra f........der

Abraço,ZURK

CELTA MORGANA disse...

Só apanhas este tipo de cabras (da foto) ????

Um Bom Ano e porque não um excelente ano !!!

CT4SL disse...

Também agarraste duas cabrinhas?
BOM ANO e BOAS ......

antónio Nagualmente em peniche sempre disse...

Nunca esprimentei beber verdasco pelo termo. Bom ano