domingo, junho 21, 2009

Baiona e Mar y Arte

À entrada do seu bar fetiche,o Mar y Arte, em Baiona


Duas horas e cinco Saphiras Bombay depois, o autor destas modestas linhas sai do seu bar fetiche, o Mar y Arte, em Baiona, na eminência da chegada da autoridade e pressionado pelo seu imediato Bolha, que cismava em ir comer um gelado na casa ao lado.

6 comentários:

Pedro disse...

Cá n´Água Acima utilizamos amíude a expressão "até vais de lado"- e não é só quando alguém, querendo bolinar, se esquece de baixar o patilhão... Fica a imagem do que é alguém a ir de banda :) Ou então os degraus estavam tortos :D

BLUE MOON I disse...

Na fotografia de cima, as riscas a modos que estavam mais ao em direita.....

CELTA MORGANA disse...

A tua (hic) expressão (hic) na 2ª foto (hic) está mais (hic) ao natural !!!
(hic)

João Manuel Rodrigues disse...

Essa vida de marinheiro dá cabo de ti.

Ainda te hei-de ver nas termas.

João

Anónimo disse...

Esta vida de marinheiro tb a queria eu ter se o meu tempo e os novos afazeres o permitissem.
Agora, andar no mar mais de trinta anos por profissão e consequentemente por obrigação, LIVRA!!!
Sou um velho reformado.Já me bastou o tempo que por lá passei.
Continua porque te dá prazer e vais no bom caminho.
Aquele abraço,
JD

garina do mar disse...

o chapéu é fundamental ;))
mas os senhores do bar foram simpáticos ao pôr umas guardas para não caíres!!!!