terça-feira, outubro 16, 2007

Veronique, Hamburg

Ao vasculhar pastas de CDs antigos dei conta desta, ainda com o pavilhão germânico, encostado ao António Cação, então a ser desmantelado no Mestre Alberto.
Foi neste "arrastão" (1) que o sr Georg caíu, foi aqui atracado que me chamou a atenção.

(1) Ver comentário anexo.

6 comentários:

Anónimo disse...

A princípio, pelo título, fiquei na dúvida: é o que viria a ser o NVV Veronique, ou a SAGRES (I), ancorada no porto de HAMBURGO?

Anónimo disse...

O Veronique com umas "Ripinhas" ficava um MUST!A madeira dáva-lhe aquele... ;)JC.

A VER NAVIOS disse...

João;
So para que fiques com a história do MVV "Veronique" bem contada.
O "António Cação" não era arrastão, Era o navio da pesca à linha "Vaz" construído na Holanda em 1948 para Brites Vaz & Irmãos, Lda.
Inicia a actividade em 1949.
Pára no final da campanha de 1969.
Em 1971 é adquirido pela Empresa de Pesca Oceano da Figueira da Foz. Toma o nome de "António Cação" e transforma para navio de redes de emalhar, sem lanchas, a largar e alar de bordo. Recebe uma máquina nova e um hélice de proa.
Cessa a actividade em 1994.
abraço.

A VER NAVIOS disse...

... Ou 1993. Não tenho a certeza.
Abraço

BLUE MOON I disse...

Váq, vá la, João... Não terem desmantelado o Veronique, por distração, sei lá....
Vá lá, vá lá....

Anónimo disse...

Distração, uma porra. Aquilo não dava pra mão de obra. Quem é o sucateiro que lhe pega?